Buscar
  • Luiz Vieira

‘Querubim’ está em cartaz em São Paulo com jovens talentos da TV

Atualizado: 18 de Nov de 2020

Com os cuidados necessários, produção é uma das primeiras a realizar temporada presencial na cidade, após liberação dos espaços culturais

Foto: Rayssa Zago.


Os altos e baixos da adolescência, fase transformadora e direcional para a chegada da vida adulta, capaz de potencializar sentimentos, intensificar emoções e proporcionar descobertas e curiosidades, é o mote de ‘Querubim’, peça da Eureka Entretenimento, que, após a liberação da fase verde no Plano São Paulo, chegou à cidade no dia 31 de outubro para uma curta temporada de apresentações presenciais no Comedy Sampa Club, aos sábados e domingos às 16h, até 28 de novembro.


A produção, que passou pelo Rio de Janeiro em 2019, ganhou contornos mais atuais na capital paulista e conta a história de cinco amigos de colégio que, após um ano formados, se reencontram em uma viagem durante o período de isolamento social, em função do novo Coronavírus, período este que evidenciará mudanças emocionais, psicológicas e comportamentais vividas por cada um ao longo dos últimos meses, e que se tornam ainda mais evidentes com a chegada de um visitante no local, que de forma inesperada, dará espaço para conversas sobre conflitos pessoais e profissionais, entre momentos de lucidez e embriaguez.


Escrito e dirigido por Rômulo Chindelar, que precisou adaptar também algumas cenas de maior contato físico entre os atores, optando por aderir certo distanciamento cênico a fim de reforçar os protocolos de saúde, explora a chance de falar sobre algo inevitável na vida de todos: as descobertas. “O começo da vida adulta é um período que todo mundo já passou ou ainda vai passar. A peça aborda um pouco deste momento cercado por novos interesses e curiosidades e que é pouco retratado nos palcos, por isso estamos sempre animados para contar essa história, que também celebra a amizade e as diferenças”, diz.

Foto: Rayssa Zago.


Ligado ao universo adolescente há mais de uma década, Chindelar já vislumbrava a realização da peça por sentir o desejo e a necessidade de dialogar com jovens sobre assuntos cotidianos e atuais, e foi através de uma parceria com o ator João Fernandes, que desenvolveu um projeto pensado especialmente para este público, dentro e fora de cena, contando também com jovens profissionais nos bastidores e funções de produção.


A produção, que conta com Fernandes no elenco, estreou em São Paulo também com Gabriel SantanaFelipe Rodrigues e Matheus Polis (stand-in), que já integravam a montagem carioca, além da adesão de Nicholas TorresCaroline DallarosaLéo Belmonte e Isadora Santana (stand-in) – quase todos conhecidos de trabalhos na TV, em novelas como ‘Malhação’, ‘Chiquititas’ e ‘Carrossel’, de onde herdaram milhões de fãs, ocupando um lugar de referencial para muitos jovens de sua geração.


“Produzir peças que conversem com o público jovem é muito desafiador, pois é um público que está em constante evolução. Muitas vezes as próprias famílias não conseguem abordar dentro de casa temas importantes na vida deles, fazendo com que acabem gerando uma série de dúvidas, angústias, ansiedades e frustrações. Portanto, falar de certos temas com eles é possibilitar um espaço de descobertas e até mesmo aceitação”, diz o produtor Alexandre Bissoli.

Foto: Rayssa Zago.


Confiante com o avanço da fase verde para o cenário cultural paulistano, que retoma aos poucos suas atividades após sete meses de paralisação pela Covid-19, Bissoli se apega aos fatores resistência e incentivo para abrir as cortinas e realizar a temporada do espetáculo, que se empenhará para manter as medidas de segurança, tanto no palco quanto na plateia.


“Decidir voltar aos palcos neste momento em que vivemos é duplamente desafiador, pois de um lado temos todos os novos protocolos e adaptações a serem seguidos e de outro a incerteza de recursos e comparecimento do público. Mas teatro é resistência e como quase todas as atividades estão voltando, ainda que parcialmente, decidimos fazer nossa parte e voltar a oferecer um espetáculo presencial, mostrando que nossa arte também é capaz de continuar”, finaliza.


FICHA TÉCNICA:

Texto e Direção: Rômulo Chindelar

Assistente de Direção: Octávio Vargas

Produção: Eureka Entretenimento

Direção de Produção: Alexandre Bissoli

Direção Musical: Daniel Peixoto & Fellipe Mesquita

Iluminação: Letícia Wendling


SERVIÇO:

Peça: ‘Querubim’

Tempo de duração: 70 minutos

Classificação: 16 anos*

Local: Comedy Sampa Club – Teatro Novo

Rua Domingos de Morais, 348 – Vila Mariana – São Paulo | +55 (11) 2155-0665

Sessões: Sábados e domingos às 16hrs

Temporada: até 28/11/2020

Ingressos: R$40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)

Vendashttps://comedysampa.com.br

Redes Sociais: Instagram @querubimteatro