Buscar
  • Luiz Vieira

Flavia Pucci e Joelson Medeiros reafirmam parceria artística em “UMA NOITE SEM O ASPIRADOR DE PÓ”

Um encontro acidental, uma possibilidade de mudança e de real aproximação, com um desfecho inesperado, permeado de bom humor

Foto: Airton Silva.


Segunda realização da Água Benta Cia de Criação, a montagem da comédia dramática “Uma Noite Sem o Aspirador de Pó”, de Priscila Gontijo, ganha versão online e gratuita em curta temporada 12 apresentações, de 01/04 a 18/04, no canal do Youtube da companhia.


A peça, que marca a estreia do casal no palco, fala do encontro inusitado provocado por um fato corriqueiro de duas pessoas solitárias que estão vivendo a falência das crenças que permearam suas histórias de vida e a falta de sentido para tudo que se faz. Interpretado por Flavia Pucci e Joelson Medeiros e com direção de Charles Asevedo, este projeto foi a segunda realização desta parceria artística que já dura sete anos.


Carente de interlocução e de laços afetivos, Áurea, uma professora prestes a se aposentar conversa com seu aspirador de pó, batizado de João Augusto, e coleciona numa valise, chamada Josephine, uma família imaginária criada com fotos 3X4 de desconhecidos. Resistente à tecnologia e inábil socialmente, ela passa o tempo todo em casa com Tereza, uma tartaruga cega, e Otto, um gato arisco. Ele, Manuel, também inábil socialmente é um escritor paralisado pelos seus pensamentos repetitivos, cheio de manias que se encontra em plena crise de meia idade e de bloqueio criativo.


O encontro “acidental” entre os dois que acabam se reconhecendo mutuamente como pessoas sensíveis e solitárias é a força motriz do espetáculo. Ambos percebem uma possibilidade de mudança e de real aproximação, passam a se inspirar profundamente com os universos um do outro, alargando assim pontos de vista e começando, com isso, a construírem novas conexões com a vida, entretanto o destino prepara uma grande surpresa para o desfecho desta relação.

Foto: Airton Silva.


“É uma história torta de amor entre duas pessoas com problemas de convívio social que estabelecem uma relação cheia de mal entendidos mas que no decorrer da trama se encontram no espaço do inusitado, o lugar das inúmeras possibilidades que a vida nos apresenta a cada instante”, acrescenta Joelson.


“Uma Noite sem o Aspirador de Pó”, fala sobre um tempo onde as pessoas estão cada vez mais ilhadas, que não se visitam mais, a não ser virtualmente. E hoje, obrigados a vivermos em isolamento social, percebemos o quanto a troca atenciosa e afetuosa entre as pessoas é essencial para que a consciência do todo se desenvolva no sentido de construir um mundo melhor”, diz Flavia Pucci.


“Continuar isolado na própria "bolha" resulta em mais distanciamento e desestruturação das conexões humanas, que começam a ser norteadas apenas pela desconfiança, pela hipervalorização das questões pessoais e de consumo como substitutos às relações afetivas e criativas. E é neste cenário que o acaso possibilita uma ponte de comunicação real entre os protagonistas”, conclui Flavia.

Histórico do espetáculo

O espetáculo "Uma Noite sem o Aspirador de Pó" teve sua estreia em julho de 2016 no Teatro Nathalia Timberg. Em Março de 2017 ganhou o edital de circulação SESI/SP pelo qual fez turnê bem sucedida por 04 cidades do interior de São Paulo ( Itapetininga, Rio Claro, Piracicaba, Araraquara. Ainda em 2017 fez mais uma temporada no Centro Cultural Correios nos meses de agosto e setembro.


Sinopse do espetáculo

Uma Noite sem o Aspirador de Pó” desnuda aos poucos a vida de duas pessoas solitárias. A partir de um fato corriqueiro, um dos vizinhos bate na porta do outro provocando o início de uma relação inusitada, uma possibilidade de mudança e de real aproximação, porém o destino prepara uma grande surpresa para o desfecho da história.


Priscila Gontijo é escritora, dramaturga, roteirista e pesquisadora. Mestre em Literatura e Crítica Literária e Licenciada em Letras: Língua Francesa e Língua Portuguesa, pela PUC/SP, atualmente é doutoranda no Programa de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela FFLCH/USP. Integrou o Núcleo de Dramaturgia do CPT – coordenado por Antunes Filho. É fundadora da Companhia da Mentira e autora de peças como “Soslaio", "A vida dela", “Uma noite sem o aspirador de pó”, “Funâmbulas” e “Deadline". Em 2016, publicou "Peixe cego", (7Letras), romance finalista do Prêmio São Paulo de Literatura. Em 2020 publica “O som dos anéis de Saturno” (7Letras) seu segundo romance.

Água Benta Cia de Criação

Com a união de 03 atores, Flavia Pucci, Charles Asevedo e Joelson Medeiros, começa em 2013 a Água Benta Produções, uma Cia preocupada não só em colocar peças em cartaz, mas em aprofundar e discutir a arte como alimento para a sensibilidade fomentando novas ideias em quem vai ao teatro.

É um grupo focado na necessidade de comunicar trabalhos que instiguem uma reflexão sobre a sociedade contemporânea, suas contradições e paradoxos. Seus dois trabalhos são a peça “ Antiga” de Gustavo Damaceno, texto escrito a partir de mais de cinquenta depoimentos filmados de idosos sobre o envelhecer e seus desafios e “ Uma Noite Sem O Aspirador de Pó” de Priscila Gontijo, texto que fala sobre situações que isolam dos demais as pessoas nas grandes cidades.

FICHA TÉCNICA DO ESPETÁCULO

Texto : Priscila Gontijo

Direção : Charles Asevedo

Elenco : Flavia Pucci e Joelson Medeiros

Cenografia : Carla Berri

Iluminação: Valdemir Almeida

Figurino: Maureen Miranda

Trilha Sonora: Leonardo Netto

Diretor de Fotografia : Airton Silva

Programação Visual : Pablito Kucarz

Assessoria de Imprensa : Adriana Monteiro

Social Media: Leonardo Silva

Direção de Produção: Joelson Medeiros

Produção Executiva : Robson Mello

Realização : Água Benta Cia de Criação e Dona Sinhá Produções

Serviço:

“Uma Noite Sem o Aspirador de Pó”

Em versão online e gratuita

Curta temporada 12 apresentações

De 01/04 a 18/04, no canal do Youtube da companhia.

Entre pelo link - https://linktr.ee/CiaAguaBenta

Dias da semana- De quinta a domingo

Horário - 20h

Duração – 65 minutos

Indicação de faixa etária – 16 anos