Buscar
  • Luiz Vieira

FESTIVAL ONLINE CONVIDA ARTISTAS A PENSAR O CONCEITO DE “OUTRO”

Obras de Elisa Ohtake e Carolina Bianchi, Laura Vinci e Joana Porto, Mirella Brandi e Muep Etmo, Yara Ktaish, Panos Aprahamian e Cadu Tenório encerram o evento

Foto: Yasmim Ramalho.


Movimento de aproximação entre artistas de teatro, dança, performance, música e artes visuais, o OUTROS Festival de Arte, com realização da plataforma de arte e pensamento contemporâneo, Antro Positivo, acontece em ambiente virtual até 28 de março e apresenta obras em vídeo, pensadas como dípticos e trípticos inéditos e exclusivos, criados durante o isolamento social.

Com idealização e curadoria do crítico Ruy Filho e da artista gráfica Pat Cividanes, diretores da Antro Positivo, o OUTROS Festival de Arte é realizado com a lei de incentivo Aldir Blanc, por meio o Proac Lab Express 2020, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

A convite da curadoria oito artistas foram convocados a formarem duplas ou trios, convidando outros artistas para uma criação conjunta: Eduardo Fukushima e August Severin; Elisa Ohtake e Carolina Bianchi; Juliana França e Celina Portella; Laura Vinci e Joana Porto; Leonarda Glück e Igor Augustho; Mirella Brandi e Muep Etmo; Sandra-X e Edu Marin, e Yara Ktaish, Panos Aprahamian e Cadu Tenório. Desses encontros novas obras surgem a partir da aproximação de suas linguagens, reforçando o olhar junto ao outro.

Para Ruy Filho, perceber a singularidade do outro e exercitar a si também como outro abrem novos diálogos e geram disparos para a realização do festival. “Um festival sempre começa a partir de um desejo: o nosso foi responder quem gostaríamos, nesse instante, ter ao nosso lado. Depois levamos a pergunta adiante: quem - cada artista convidado - gostaria ao seu lado? São oito obras, duas ocupações e alguns encontros que resumem o quanto este momento precisa ser retratado como diferente de tudo até aqui. Agora o outro é também o meio mais precioso de confrontar o isolamento, reinventando-o a partir do encontro de cada um com a própria vida”, completa o curador.

Live

No encerramento do OUTROS Festival de Arte – 28 de março, domingo, às 20h – acontece a live Reflexos, um bate-papo com a reunião de crítica de arte, psicanálise e filosofia sobre os trabalhos apresentados. Na ocasião, Ruy Filho, conversa com a psicanalista, escritora, ensaísta e crítica de arte, Bianca Dias, que atua no território multidisciplinar da psicanálise, literatura, filosofia, teoria e prática artística, e com o professor adjunto no Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Pernambuco, coordenador do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFPE e pesquisador do CNPq, Filipe Campello, doutor em Filosofia pela Universidade de Frankfurt.

Programação:

Obras

KWASY

Mirella Brandi e Muep Etmo

Dia 25 de março, quinta-feira, às 19h | outros.art

Duração: 30 minutos | Livre | Grátis

Experiência audiovisual que desenvolve uma dramaturgia subjetiva para se definir só a partir da percepção e do olhar do público. Os artistas partem de uma narrativa propositalmente não revelada, para que ela possa se desdobrar a partir da experiência pessoal de cada espectador. Ao contrário do que normalmente acontece quando os artistas explicam em descrições, o caminho da pesquisa e da obra, o que interessa nesta experiência é a história criada pelas pessoas que vivenciam esta experiência narrativa entre a música e a imagem.

Criação e Imagens: Mirella Brandi X Muep Etmo | Música Composta: Muep Etmo | Edição: Mirella Brandi X Muep Etmo | Traquitanas: Rodrigo Rezende.

QUARENTENA FASCINAÇÃO + QUARENTENA SINISTRO

Elisa Ohtake e Carolina Bianchi

Dia 26 de março, sexta-feira, às 19h | outros.art

Duração: 17 minutos | 14 anos | Grátis

Parte 1

"Que pensamentos e sensações estéticas estão me acontecendo nessa quarentena?”, se pergunta diabolicamente Elisa Ohtake. O resultado é o vídeo performático Quarentena Fascinação, escrito e dirigido por ela, que também está no elenco ao lado de Danilo Grangheia. Com ironia, a obra declara alívio e bem estar para quem o assiste, radicaliza a situação das telas e problematiza a lógica pornográfica dominante na qual tudo pode ser escancarável, instagramável e publicizável.

Texto, Concepção e Direção: Elisa Ohtake | Elenco: Danilo Grangheia e Elisa Ohtake | Montagem e edição: Joaquim Castro.

Parte 2

A relação sentimental entre uma mulher e ossos. A obra em vídeo foi feita em estúdio da Das Theatre, com alguns dos materiais da pesquisa de mestrado de Carolina Bianchi, em fevereiro de 2021 com apoio profundo da Cara de Cavalo.

Performa: Carolina Bianchi e Caveira | Ideias e Roteiro: Carolina Bianchi e Daniel Passi | Texto: Carolina Bianchi | Imagens: Daniel Passi | Edição: Mayra Azzi | Trilha Original: Miguel Caldas | Fotos: Daniel Passi.

CÂMARA قُمرة

Yara Ktaish, Panos Aprahamian e Cadu Tenório

Dia 27 de março, sábado, às 19h | outros.art

Duração: 31 minutos | Livre | Grátis

Pouco antes do final da segunda década uma pandemia atinge o mundo forçando as pessoas a esconder e trocar seus corpos físicos com seus colegas online. A praga também é acompanhada por uma série de outras ocorrências e fenômenos estranhos que empurram as pessoas para dentro de suas bolhas. Ela agora passa o tempo vagando pelo espaço de seu apartamento como um peixe em uma tigela. Ele passa seu tempo grudado em telas que há muito abandonaram o espaço físico para o ciberespaço. Ela se move no lugar. Ele é bastante sedentário. A passagem do tempo é um pouco fora do ritmo, o trabalho é decodificado, os corpos são remodelados retroativamente por filtros do Instagram. O exterior está mais lá fora do que nunca.

Vídeo: Yara Ktaish e Panos Aprahamian | Trilha Sonora e Design de Som: Cadu Tenório | Narração: Mohamad Ktaish.

MATHEUS E JANUÁRIO

Laura Vinci e Joana Porto

Dia 28 de março, domingo, às 19h | outros.art

Duração: 35 minutos | Livre | Grátis

Um adolescente praticante de parkour em uma situação espacialmente restrita e um jovem bailarino provocado por matérias que revelam fenômenos naturais. Ao confrontar-se com o espaço limitado que o cerca, Matheus encontra Januário, que lhe apresenta diferentes possibilidades a partir da sua relação com elementos que evocam a natureza. As imagens da obra foram gravadas no teatro do Querosene e na Garagem Matheus em fevereiro de 2021.

Direção: Joana Porto e Laura Vinci | Captação e Montagem: Yghor Boy | Captação e Montagem Garagem Matheus e Céu: Matthieu Rougé | Roteiro: Joana Porto, Laura Vinci e Flora Belotti | Fotografia: Yghor Boy | Trilha Original: Gui Calzavara | Luz: Wagner Antônio | Iluminador Assistente: Dimitri Luppi e Douglas de Amorim | Cenografia: Joana Porto, Flora Belotti e Laura Vinci | Cenotécnico: Issac Tibúrcio | Design Gráfico: Flora Belotti | Fotos Making Of: Yasmin Ramalho | Transporte: Tl Transporte | Produção: Joana Porto e Laura Vinci | Agradecimentos: Abigail Tatit, Eliana Vaz e José Miguel Wisnik.

Bate-papo

REFLEXOS

Ruy Filho, Bianca Dias e Filipe Campello

Dia 28 de março, domingo, às 20h | Facebook @antropositivo

O editor da Antro Positivo e curador do OUTROS Festival de Arte Ruy Filho, a psicanalista, escritora, ensaísta e crítica de arte Bianca Dias e o filósofo Filipe Campello conversam sobre as obras que terão suas estreias exclusivas no festival.

Sobre os artistas

Mirella Brandi – Curadora, diretora artística, designer de luz, a artista multimídia é cofundadora do espaço DAHAUS, em São Paulo; do Coletivo Phila7, e do Coletivo MXM, que agrega artistas e técnicos na pesquisa cênica colaborativa e no desenvolvimento de inúmeros projetos que exploram novos formatos contemporâneos.

Muep Etmo – O curador, músico, compositor e engenheiro de som pesquisa sofisticados recursos técnicos, analógicos e digitais, sendo criador de inúmeras trilhas sonoras para teatro, dança, artes visuais e cinema. É músico residente do Conservatorium Van Amsterdam.

Elisa Ohtake – Diretora de teatro e dança pensa a cena contemporânea em suas últimas consequências, sempre no cruzamento com a performance e as artes plásticas. A frente da Cia. Vazia, Elisa convida, a cada novo trabalho, artistas e integrantes transitórios na criação de seus espetáculos.

Carolina Bianchi – Gaúcha, de Porto Alegre, a diretora, performer e dramaturga apresenta criações que atravessam o teatro, a dança e a performance por meio de trabalhos autorais gerados em parceria com artistas multidisciplinares em um coletivo chamado de Cara de Cavalo. Atualmente cursa mestrado em teatro na Das Theatre, em Amsterdã.

Yara Ktaish – Atriz de teatro e cinema, dançarina e artista visual síria radicada em São Paulo, tem como foco principal de trabalho o trauma, a memória do trauma e os corpos traumatizados, explorando isso por meio de uma série de workshops e colaborações com artistas locais e internacionais.

Panos Aprahamian – Artista de mídia que vive e trabalha em Beirute possui em seu portfólio ensaios de filmes e videoinstalações, textos e memes. As suas peças foram apresentadas em várias exposições e festivais de cinema e surgiram em plataformas online.

Cadu Tenório – Músico, produz em diferentes projetos (Sobre a Máquina, VICTIM!, Ceticências, Banquete, Gruta e Vaso) e também sob seu próprio nome, com o qual assina trilhas sonoras para teatro e cinema, além de projetos audiovisuais.

Laura Vinci – A artista visual mestra pela Escola de Comunicação e Artes, da Universidade de São Paulo, tem participado de várias exposições no Brasil e exterior. A artista também tem explorado o universo teatral atuando como cenógrafa e diretora de arte.

Joana Porto – Figurinista formada pela Escuela de Arts y Moda de Barcelona, com mestrado na Whinshester School of Arts. Trabalha com cinema, teatro e dança.

Para roteiro:

OUTROS Festival de Arte – Até 28 de março

Todas as estreias acontecerão de quinta à sábado, sempre às 19h, e ficarão disponíveis gratuitamente por 23h (até às 18h, do dia seguinte).

No site outros.art e Instagram @antropositivo

Idealização – Antro Positivo Plataforma de Arte. Curadoria – Ruy Filho e Pat Cividanes.

Artistas – Eduardo Fukushima e August Severin; Elisa Ohtake e Carolina Bianchi; Juliana França e Celina Portella; Laura Vinci e Joana Porto; Leonarda Glück e Igor Augustho; Mirella Brandi e Muep Etmo; Sandra-x e Edu Marin e Yara Ktaish, Panos Aprahamian e Cadu Tenório. Ocupações – Ocupação 9 de Julho (curadoria de Rafael Ferro) e Capão Redondo (curadoria de Bruno Capão). Produção – Heloísa Andersen. Assistente de Produção – Eliane Sombrio. Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais – Nossa Senhora da Pauta. Realização – Lei de incentivo Aldir Blanc, por meio o Proac Lab Express 2020, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.