Buscar
  • Responder Fazendo

Espetáculo Os Sete Gatinhos faz apresentação extra no dia 4 de junho no Teatro Commune

Com direção de Ronaldo Saad e produção do Centro de Pesquisa em Artes (CPA), o espetáculo é uma reflexão sobre as amarras familiares e as relações humanas.

Os Sete Gatinhos - Foto: Lucival Almeida - responderfazendo.com


Algumas famílias guardam segredos e vivem de aparências. Uma casa, olhada de fora, é apenas uma casa. Mas o que acontece dentro dela pode extravasar muito além do que nos diz sua pacata fachada. A família Noronha, captada pela perspicácia de Rodrigues, carrega consigo amargas dores da violência patriarcal, assim como tantas outras Brasil adentro.


Com direção de Ronaldo Saad e produção do Centro de Pesquisa em Artes, o espetáculo Os Sete Gatinhos, adaptação do texto homônimo de Nelson Rodrigues, volta ao Teatro Commune para mais uma apresentação extra no dia 4 de junho, sábado, às 17h.


“Quando busco um texto para montar, sempre procuro o que há de mais intrigante nas relações humanas. Neste projeto, percebemos o quanto ainda estamos presos a um tipo de moralismo corrosivo e, ao mesmo tempo, velado”, afirma Ronaldo Saad, diretor da peça e idealizador do CPA.


Sinopse

De todas as filhas de Seu Noronha com Dona Aracy, Silene é a mais nova - e também a mais mimada. As outras quatro irmãs, Aurora, Arlete, Débora e Hilda, que ainda não se casaram, se empenham em juntar dinheiro para o enxoval da caçula. Silene tem direito a uma boa educação em um colégio interno, pois é a esperança da família de cinco mulheres: pelo menos uma se casará na igreja, virando o símbolo de salvação moral da família, principalmente por ser a única virgem. Mas a situação muda radicalmente quando a garota é acusada, no colégio, de matar a pauladas uma gata.


Nesta adaptação do texto, fica mais evidente que ninguém sustenta o que aparenta ser, e fica possível perceber de maneira mais intensa a complexidade nas relações humanas, que seguem presas às amarras da aparência. Com um humor ácido, a montagem da obra de Nelson Rodrigues é um convite para o cotidiano brutal que dilacera e corrompe existências que parecem estar trancadas em cativeiro.


O espetáculo é mais uma produção inédita do Centro de Pesquisa em Artes, que em 2022 vem ganhando grande notoriedade com o bem-sucedido espetáculo O Estranho Mundo de Grimm.


SERVIÇO

Sessão extra - 4 de junho às, 17h

Local: Teatro Commune - Rua da Consolação 1218 (Ao lado do Metrô Higienópolis-Mackenzie)

Ingressos: cpa.art.br/ingressos

Antecipados sem taxa: R$ 30,00 (meia)


FICHA TÉCNICA

Texto: Nelson Rodrigues

Direção e concepção: Ronaldo Saad

Adaptação: Ronaldo Saad e Vinicius Nunes

Revisão final: Ronaldo Saad

Produção: CPA - Centro de Pesquisa em Artes

Assist. Direção: Danilo Rezende e Vinicius Nunes

Elenco: Cledson Soares, Emmanuelly Berbel, Gabriel Betta, Gio Cípola, Ingrid Chaves, Lucas Duca, Milena Toledo, Patrícia Oliveira, Pedro Valentim, Rafael Fontes, Raissa Queiroz, Sofia Falastro e Tilly Garcia.Figurinos e Cenografia: Ângela Schoendorfer

Desenho de luz: Agnaldo Nicoleti

Operador de luz: Vinicius Nunes

Sonoplastia: Ronaldo Saad e Vitor Hugo

Operador de som: Vitor Hugo

Coreografia: Tilly Garcia

Visagismo: Hello Santana

Coordenador de palco: Danilo Rezende

Assessoria de imprensa: Luiz Vieira

Assist. de Palco: Santiago Oliveira

Fotos: Lucival Almeida

Estagiário: Igor Lima

Gênero: Drama.

Duração: 100 minutos.

Classificação indicativa: 16 anos

Mais informações: (11) 95906-2493