Buscar
  • Luiz Vieira

Espetáculo Maternagem faz temporada online gratuita, direto do palco do Teatro Morumbi Shopping

Solo de André Fusko, com direção e atuação Amanda Acosta, de 24 de fevereiro a 31 de março

Foto: Vivian Abravanel.


“A maternagem começa a ser desenvolvida desde que o nenê nasce, pela maneira que tudo chegou a ele. O que chega ao bebê depende muito da qualidade de maternagem de sua mãe ou substituta.” (Içami Tiba).


Amanda Acosta apresenta o solo Maternagem, escrito por André Fusko entre os dias 24 de fevereiro e 31 de março. A atriz estará ao vivo no Teatro Morumbi Shopping e o espetáculo será transmitido de maneira online e gratuita pela página do Youtube.


Na peça são apresentadas as histórias de quatro mulheres e suas relações com a aventura de ser mãe. Amanda Acosta dá vida a uma adolescente youtuber bem-humorada, que sonha em um dia ser mãe; a uma senhora culta que criou os filhos sob suas rédeas; a uma mulher à beira da loucura por reprimir seus instintos; e a uma idosa bem-resolvida e cativante. Todas revelam sua experiência prática na aventura que é ser uma mãe sobrevivendo na grande metrópole chamada São Paulo.


Instinto ou razão? Medo ou encantamento? Presunção ou humildade? Egoísmo ou generosidade? Ou tudo isso? Uma surpresa para quem espera um espetáculo adocicado e ameno. O espetáculo, que tem mais de 10 anos de carreira, traz a reflexão sobre a maternagem, que é o processo afetivo e comportamental que define o papel da mãe, não necessariamente a com vínculo biológico.


“Maternagem tem olhar sensível de como as mulheres sentem as injustiças sociais, as angústias amorosas, a solidão, a alegria, a realização pessoal e outras questões, mas sempre em relação à sua missão de trazer uma nova pessoa ao mundo neste contexto. O objetivo do projeto é fazer com que as pessoas reflitam e debatam sobre o tema e questionem a sua realidade e a sociedade em que vivem”, conta Amanda.

Foto: Vivian Abravanel.


O espetáculo teve temporada de sucesso em São Paulo, estreou no Espaço dos Satyros em fevereiro de 2010, ficou em cartaz no Teatro Imprensa de abril a agosto do mesmo ano e recebeu elogios da crítica especializada. Em 2020 fez uma apresentação online no projeto “Teatro Vivo em Casa” do Teatro Vivo e uma apresentação online no “Festival de Teatro de Curitiba”.


Sobre Amanda Acosta

Amanda Acosta interpretou Bibi Ferreira no musical “Bibi, Uma Vida em Musical”, que fez temporada de grande sucesso no Rio de Janeiro (2017) e em São Paulo (2018), e por sua atuação ganhou os seguintes prêmios de melhor atriz: APCA (SP); Prêmio Bibi Ferreira (SP); Reverência (SP); Aplauso Brasil (SP); CESGRANRIO (RJ); APTR (RJ); Botequim Cultural (RJ); Destaque Digital; indicada ao prêmio SHELL (RJ). Interpretou Carmem Miranda no musical “Carmen, a Grande Pequena Notável”, por sua atuação ganhou o prêmio “São Paulo de Incentivo ao Teatro infantil e Jovem” de melhor atriz. O musical estreou em 2018 no CCBB em SP e fez mais duas temporadas: teatro Itália em 2019 e no Teatro Tuca em 2019 e 2020. Em 2019 interpretou Serena no musical “As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão”, indicada aos prêmios de melhor atriz: Prêmio Bibi Ferreira; Destaque Prêmio Digital. Iniciou sua carreira com quatro anos de idade, participando de programas de calouros e filmes publicitários, e aos oito anos entrou para o grupo musical Trem da Alegria. Como atriz, estreou na novela O Mapa da Mina, na TV Globo. No teatro, fez sua primeira peça aos treze anos: o musical O Mágico de Oz. Atuou em diversos espetáculos, entre eles, My Fair Lady, onde interpretou a personagem Eliza Dolittle – com a qual ganhou os prêmios de melhor atriz: Contigo de Teatro e Qualidade Brasil; Motorboy, onde foi indicada como melhor atriz no prêmio Qualidade Brasil; Grease; Godspell; O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá; As Mulheres da Minha Vida, ao lado de Antônio Fagundes; Esta é a Nossa Canção; no monólogo Maternidades; Baby o Musical; O Incrível Doutor Green; L'Illustre Molière; foi Maria Rosa no musical "Vingança"; Leonor Praxedes em "Caros Ouvintes"; Eduarda Bandeira em "Bilac Vê Estrelas"; Dora em "O Primeiro Musical a Gente Nunca Esquece"; Cacau em "4 Faces do Amor"; Alice Miligann na Peça-Documentário Musicada “As Duas Mortes de Roger Casement” com a Cia Ludens”; Mocinha no musical “O Roque Santeiro”; dirigiu e roteirizou em parceria com Kleber Montanheiro o show “Alô, Alô Theatro Musical Brazileiro”. Ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival Curta Cabo Frio e no Festival Guarnicê de Cinema, por sua atuação no curta-metragem"Pelo Ouvido". Interpretou Evelina no longa-metragem “E a Vida Continua”. Na TV Cultura participou do projeto de teleteatro “Senta que Lá Vem Comédia”, nas peças: “Caiu o Ministério” e “Defeito de Família” de França Junior, “O Primo da Califórnia” de Joaquim Manoel de Macedo; ainda na TV Cultura foi apresentadora dos programas “Imagem do Som”, “Clipearte” e comandou ao lado de Marisa Leite de Barros o programa “Inglês com Música; interpretou a personagem Letícia na novela Chiquititas no SBT.


Sobre André Fusko

André Fusko é ator, diretor e produtor de Teatro e médico Clínico Geral e do Trabalho formado em 1997 pela Faculdade de Medicina da USP e em 2002 pela Escola de Arte Dramática ECA USP. Tem experiências em Teatro e televisão desde como autor, diretor, produtor e ator. Atualmente é responsável pela estratégia de saúde do Banco Itaú Unibanco tendo publicado em dezembro de 2015 a “Política de Acolhimento das Mães”, beneficiando mais de 300 mães por mês, auxiliando durante a gestação, a Licença Maternidade e depois em seu retorno ao trabalho.


Ficha técnica

Autor: André Fusko

Atriz: Amanda Acosta

Direção: Amanda Acosta Trilha Sonora Original: Kalau Cenário (Obra de arte "Casulo") e adereço: Paulo Bordhin

Iluminação e Operação de Luz: Kleber Montanheiro

Assistência de Direção e Operação de Som: André Kirmayr

Produção: Amanda Acosta

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Foto Flyer: Vivian Abravanel


Serviço

De 24 de fevereiro a 31 de março

Quartas-feiras, às 20h

Transmissão online pela página do Youtube do Teatro Morumbi Shopping

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Link de acesso: https://ulink.bio/teatromorumbishopping