Buscar
  • Luiz Vieira

Em busca de uma Cia de Repertório Rodriguiana

Leitura online da próxima quinta-feira, dia 22, às 20h, é a segunda leitura visando a consolidação da Cia de Repertório Rodriguiana e a sua proposta para montagens no ano 2021


Jairo mattos, lizzette negreiros, matheus nachtergaele, miriam mehler, ana medeiros, almara mendes, antoniela canto, eduardo silva, leonardo silva, augusto cesar, nilton bicudo  e riba carlovich convidam para a transmissão via YouTube: https://youtu.be/ECg97M3KcRw  da leitura cênica de Toda Nudez Será Castigada - O Décimo Primeiro Mandamento

Na quinta-feira, dia 22 de outubro, às 20h Após transmissão terá um bate papo com os atores e direção e para participar o acesso é pelo site da Sympla.


Toda Nudez Será Castigada - O Décimo Primeiro Mandamento. A leitura online da próxima quinta é a segunda leitura visando a consolidação da Cia de Repertório Rodriguiana e a sua proposta para montagens no ano 2021. “Em Toda Nudez acompanhamos uma história contada por uma morta, Geni, e todo o retrato de vingança e ódio que a levaram ao suicídio. Na nossa leitura o texto teatral rodriguiano dialoga diretamente com a nossa realidade exibindo a radiografia de nossa hipocrisia religiosa.


É a história da Santa Madre Puta Geni e sua trajetória rumo a destruição pessoal justamente quando é abraçada por uma família e se torna bela, recatada e do lar. Mas é um mundo de hipocrisias, mentiras e ódios que destroem qualquer vestígio de amor e compaixão. Uma sociedade de aparências, um verdadeiro monstro moral, a instituição do casamento e todas as mentiras que por trás se escondem, o fanatismo e a vingança são alguns dos ingredientes que compõe essa obsessão trágica rodriguiana em 3 atos”, resume Marco Antonio Braz, diretor e estudioso da obra de Nelson.


A primeira leitura foi de “Viúva, porém honesta”, em 23 de agosto, com elenco formado por Renato Borghi, Élcio Nogueira, Miriam Mehler, Kiko Marques, Caco Coelho, Leonardo Silva, Lucélia Santos, Jairo Mattos, Flávia Pucci, Patrícia Gordo, Nilton Bicudo, Crica Rodrigues e Marco Antônio Braz.

TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA de Nelson Rodrigues

(Estreia: TEATRO SERRADOR, RIO DE JANEIRO, EM 11 DE JUNHO DE 1965)

Elenco por ordem de entrada:

HERCULANO - JAIRO MATTOS

NAZARÉ - LIZZETTE NEGREIROS

PATRÍCIO - MATHEUS NACHTERGAELE

TIA Nº 1 - MIRIAM MEHLER

TIA Nº 2 - ANA MEDEIROS

TIA Nº 3 - ALMARA MENDES

GENI  - ANTONIELA CANTO

ODÉSIO - EDUARDO SILVA

SERGINHO - LEONARDO SILVA

MÉDICO - AUGUSTO CESAR

PADRE   -  NILTON BICUDO

DELEGADO - RIBA CARLOVICH

DIREÇÃO: BRAZ

ASSISTENTE DE DIREÇÃO: ULISSES SAKURAI

PRODUÇÃO: Patrícia Gordo

PRODUÇÃO DE VÍDEO: Bia Gomes

PRODUÇÃO E DIVULGAÇÃO: Adriana Monteiro

GRAVAÇÃO, EDIÇÃO E FINALIZAÇÃO: Vino de Lucia