Buscar
  • Luiz Vieira

Cia. Histriônica de Teatro estreia espetáculo “O Rio Abaixo do Rio” dia 28 de abril pelo YouTube

Além do espetáculo, duas lives acontecerão nos dias 26 e 27 de abril, às 19h, pelo Instagram da Cia., com as convidadas Júlia Prudêncio e Graziela Zeligara, debatendo temas importantes para o processo

Foto: Divulgação.


“O Rio Abaixo do Rio” é um espetáculo teatral em formato online com direção de Ana Carolina Salomão. O processo criativo teve como disparador o conto “La Llorona” e as análises feitas por Clarissa Pinkola Estés no livro “Mulheres que correm com os lobos”. No livro, a autora tece um paralelo entre a história e a manutenção da vida criativa das mulheres, tanto quanto as armadilhas que podem interromper esse fluxo de criação.


A programação contará com apresentações online nos dias 28, 29 e 30 de abril de 2021 em sessões duplas às 19h e às 21h (todas as sessões com interpretação em LIBRAS), no canal do Youtube da Cia. Histrônica, além de duas lives que acontecerão nos dias 26 e 27 de abril, às 19h, pelo Instagram da Cia., com as convidadas Júlia Prudêncio e Graziela Zeligara, debatendo temas importantes para o processo.


Os movimentos identificados no conto: ‘O rio limpo’; ‘a traição’; ‘a poluição do rio’ e ‘a limpeza do rio’ foram os fios condutores para a escrita de dramaturgia autoral. Cinco personagens passam por esses quatro movimentos ao enfrentarem suas sombras. A relação com o trabalho, a maternidade, o desejo de criar, a morte e a solidão são alguns dos temas apresentados na obra.


Para criarem um arcabouço teórico, as atrizes se debruçaram sobre os elementos simbólicos da narrativa, em especial os conceitos junguianos de Animus e Anima, do Predador e os significados do rio como potência arquetípica.


O processo criativo, realizado de forma inteiramente remota em encontros virtuais, teve como base da abordagem elementos de improvisação a partir de études e viewpoints. Assim, a construção das personagens se deu por meio desses experimentos, tanto quanto pela proposição de pequenas células cênicas. A relação com o espaço das casas das atrizes, suas limitações e potências, foi determinante para a construção da unidade estética do espetáculo: partindo das especificidades de cada ambiente foi criado um outro tipo de espaço, um espaço arquetípico.


Em cena veem-se as personagens sempre em busca de interlocução, revelando, por vezes, a solidão dessas figuras. Dessa solidão, elas fazem um mergulho em suas próprias subjetividades. No fundo do rio descobrem que aquilo que elas acreditavam como verdade sobre si mesmas era uma ilusão, uma expectativa que haviam criado sobre o que significa ser mulher.

Trailer: Divulgação.


O contexto de pandemia em que o espetáculo foi criado foi determinante em sua linguagem. Para a criação desta obra, o coletivo investigou uma linguagem híbrida, mesclando elementos do teatro e do audiovisual. A câmera, elemento com o qual as atrizes sempre se relacionam, é ora interlocutora, ora espectadora das ações que se desvelam. A sonoridade do espetáculo, com direção musical de Graciela Soares, parte dos sons que circundam o cotidiano das personagens e do estudo da voz enquanto expressividade para a composição estilizada dessas paisagens sonoras.


FICHA TÉCNICA

Atuação: Ana Carolina Salomão, Júlia Munhoz, Juliana Saravali, Quesia Botelho e

Taiane Raffa

Participação especial: Bruna Recchia

Direção: Ana Carolina Salomão

Direção Musical e Voz: Graciela Soares

Dramaturgia: Júlia Munhoz

Assistente de Dramaturgia: Quesia Botelho

Visualidades: Bruna Recchia

Direção de Fotografia: Dominique Gogolevsky

Edição: Ana Carolina Salomão, Júlia Munhoz e Juliana Saravali

Assistentes de Gravação: Felipe Macedo, Fabiano Galletti, Vinicius Arantes, Timóteo Garcia e Matheus Salomão

Facilitadoras: Gisele Porto, Graziela Drago e Júlia Prudêncio

Designer Gráfica: Marina Faria

Assessoria de imprensa: Isabela Basso

Direção de produção: Quesia Botelho e Taiane Raffa

Interpretação em LIBRAS: Letícia Navero


Serviço:

Apresentações do espetáculo “O Rio Abaixo do Rio” e lives no Instagram da Cia. Histriônica (@ciahistrionica)


Apresentações

28, 29 e 30 de abril às 19h e às 21 horas

* Em 29 de abril haverá uma conversa com as atrizes após a primeira sessão

Pelo YouTube da Cia. Histriônica

Interpretação em LIBRAS em todas as sessões

Classificação: 14 anos

Duração: 55 minutos


Lives

26 de abril às 19 horas: Live com Graziela Zeligara: aula aberta sobre o livro “Mulheres que correm com os lobos”

27 de abril às 19 horas: Live com Júlia Prudêncio: Caminhos de criação - do conto à cena

Pelo Instagram da Cia. Histriônica

Duração: 1h

www.ciahistrionica.com.br